terça-feira, 25 de abril de 2017

DO PÃO A CERVEJA - PANIFICAÇÃO ARTESANAL




NA IDADE MÉDIA ASSAR O PÃO VEIO PRIMEIRO




Os cervejeiros alemães celebram 500 anos este ano. A história da panificação pode até ter raízes ainda mais históricos. Mas nem todos estão conscientes de que existem pela levedura uma estreita ligação entre os dois ofícios.

Para um delicioso pão assando num clássico forno à lenha, basta perceber como a cerveja também, com os seus ingredientes básicos de grãos, água e fermento. A cerveja não vai acontecer sem lúpulo, o pão uma pitada de sal contribui para um resultado perfeito.

Olhando para a raiz comum, você tem que voltar ao tempo em que as pessoas eram sedentárias, ordenhavam os campos e mantinham a ingestão de grãos como dieta diária.

Nossos ancestrais reconhecidos por testes e coincidências que, consumiam os cereais no estado esmagado para processar melhor e, era mais digerível para o corpo humano que os grãos integrais.

 Juntamente com a água, os grãos de cereais quebrados ou esmagados eram misturados numa suspensão, sendo a base para a massa de panificação.

Foi isso não processadas com rapidez suficiente ou até mesmo esquecido em um canto quente, ter as leveduras , que vinham do ar na massa de pão começou a fazer o seu trabalho. Fermentação um conjunto.

A quantidade de água disponível, desempenhou um papel importante: Com pouca água resultava numa pasta de pão. Então foi adicionado mais água resultando numa espécie de grande cerveja.

Na Idade Média, havia um dia da semana para o cozimento do pão.
 Metade do pão cozido era utilizada no dia seguinte como base para a fabricação de cerveja forte. Neste momento a fermentação continuava o caminho ainda espontaneamente.

O processo de cozimento do pão e a elaboração da cerveja ainda é um misticismo. Assim, o ranking da cotação de conto de fadas é revelado: Após o dia do cozimento, a cerveja veio do pão.

Quem quiser mergulhar mais fundo na história é recomendado pesquisar a matéria no Museu da Cultura Pão, em Ulm, na Alemanha.

Lá, você encontra a exposição permanente do desenvolvimento histórico da panificação e proximidade são documentados na produção da cerveja.
 FIM



Gostou do tema!

escreva para:
padeirogaucho@yahoo.com.br


DO PÃO À CERVEJA

Nenhum comentário: